Notícias

Trabalhadores da Dohler aprovam Convenção que repõe inflação

Em assembleias realizadas nesta quinta (05/08) e sexta (06/08), os empregados da empresa Dohler de Limeira-SP aprovaram proposta de reajuste salarial, negociado este ano entre a Fetiasp (Federação dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação de São Paulo) e Sindicatos paulistas, com o Sindicato Patronal.

Em Limeira, a negociação envolve o Stial (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação de Limeira e Região). Pela proposta aceita, o reajuste salarial que repõe a inflação do período será pago em duas vezes, com os valores retroativos ao mês de maio, data-base da categoria. Isso garante a ausência de perdas para os trabalhadores.

“O único impacto sentido será aguardar a segunda etapa do reajuste, que ocorre em outubro”, comentou o presidente do Stial, Artur Bueno Júnior.

Serão pagos 5% de imediato, com valores retroativos a maio, mesmo caso dos 2,47% a serem quitados em outubro. “Ressaltamos a importância da resistência e paciência dos trabalhadores para que alcançássemos este resultado”, comentou o sindicalista. Durante a negociação, a empresa se negava a repor a inflação com valores retroativos à data-base maio.

A inflação acumulada registrada em abril, base para o reajuste dos salários, foi de 7,59%, mesmo índice de aumento estabelecido para o Cartão Alimentação. “Foi um desfecho que beneficiou ambos os lados. Prova também da capacidade de diálogo do Sindicato”, finalizou o dirigente. A negociação pertence ao Setor de Sucos.