SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS DE ALIMENTAÇÃO E AFINS DE LIMEIRA E REGIÃO

Limeira, Iracemápolis, Cordeirópolis, Nova Odessa e Cosmópolis

(19) 3441-8524/ 3441-1474/ 3441-5228

stial@stial.com.br

06/02/2019

A USTL (União Sindical dos Trabalhadores de Limeira), em conjunto com o Stial e demais personagens da comunidade trabalhista local, participa nesta quinta-feira (7), de um ato em defesa do Ministério do Trabalho e da Justiça do Trabalho. A manifestação ocorre às 9h30, em frente ao Fórum Trabalhista de Limeira (Rua Henrique Jacobs, 2.040 – Parque Campos Eliseos), visando alertar a sociedade sobre o desprezo e os ataques a estes dois órgãos, promovidos pelo governo Jair Bolsonaro.

Além dos sindicalistas da União Sindical e da região, devem participar os magistrados da Justiça do Trabalho local, bem como advogados trabalhistas, auditores fiscais do Trabalho e representantes da OAB Limeira. O gerente regional do Ministério do Trabalho de Piracicaba, Antenor Varolla, e o presidente da Delegacia Sindical paulista do Sinait (Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais do Trabalho), Rodrigo Iquegami, também foram convocados.

“Bolsonaro já mencionou mais de uma vez a intenção de descaracterizar a Justiça do Trabalho, transferindo sua estrutura para a Justiça comum. O trabalhador perderá, pois o judiciário trabalhista tem trâmite específico, e ainda é uma das poucas salvaguardas deste tipo de direito”, apontou o presidente da USTL, Artur Bueno Júnior.

O dirigente sindical lembra grande parte das ações trabalhistas, atualmente, são referentes a verbas rescisórias – um direito óbvio que as empresas insistem em desrespeitar. “Ao justificar o fim da Justiça do Trabalho, o presidente só fala em cortar custos, e menciona um suposto comportamento paternalista dos juízes para com o trabalhador. Ele se esquece que grande parte das ações cobra itens simples, como a usurpação do FGTS do trabalhador, por exemplo”, emendou.

A respeito do Ministério do Trabalho, a USTL cobra que a indicação para os cargos diretivos sejam de caráter técnico. “É a garantia da manutenção íntegra do órgão, especialmente da Inspeção do Trabalho”, afirmou Júnior. O Ministério do Trabalho foi desmembrado por Bolsonaro, sendo grande parte transferida para o Ministério da Economia, e os efeitos da alteração ainda não foram assimilados pela comunidade trabalhista.

Galeria de Imagens


Voltar

Cadastre seu e-mail e saiba das novidades do Sindicato!

Endereço
Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação e Afins de Limeira e Região
Rua Siqueira Campos, 96 / Centro / Limeira, SP

Atendimento
(19) 3441-8524/ 3441-1474/ 3441-5228

E-mail
stial@stial.com.br


STIAL © 2019 | Todos os direitos reservados.

ClicInterativa